Acessibilidade

Desenvolvimento digital do Ipaam em 2021 é marcado pelo lançamento do novo sistema de licenciamento

Aprimoramento para os serviços digitais garante maior rapidez e acessibilidade aos serviços

A área de desenvolvimento digital do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) teve um ano marcado pelo lançamento do novo Sistema de Licenciamento Digital. A nova plataforma, lançada no último dia 15 deste mês, passou a disponibilizar solicitações para licenciamentos ambientais de 208 atividades de forma on-line.

Os pedidos, análises e comunicação entre os analistas e requerentes agora estão sendo feitas diretamente pelo site do órgão, sendo esse um dos resultados do trabalho da Coordenação de Sistemas Informatizados (CSI) do Ipaam, no ano de 2021. Atividades de setores como, da indústria de componentes eletrônicos, materiais plásticos, aparelhos eletrônicos e outros, são beneficiadas pelo novo módulo. A exceção são as atividades que necessitam de autorização de supressão vegetal e estejam localizadas em áreas urbanas.

Além da agilidade para tramitação dos processos, os funcionários, por meio de trabalho remoto, podem encaminhar relatórios e receber retorno dos solicitantes. Para o público externo, há a possibilidade de encaminhar e receber documentos, solicitar renovações e fazer download de arquivos, como cópias de licenças aprovadas.

Desde 2019, o Ipaam utiliza o recurso digital para a emissão das Declarações de Inexigibilidade (DI), documento que explana as atividades dispensadas de licenciamento ambiental. A contar da implantação, já foram cerca de 2.994 declarações emitidas, das quais 1.300 somente em 2021, garantindo economia para a entidade e menos filas de espera para os interessados.

Ainda neste ano, o órgão realizou mais de 1.500 atendimentos de suporte a usuários dos sistemas on-line (de modo presencial e canais remotos), por meio da CSI, durante as cinco atualizações sistemáticas que promoveram maior desenvolvimento evolutivo para os processos digitais.

Nos resultados do trabalho da CSI estão inseridas também as emissões de Carteiras de Pesca, serviço disponível no portal de sistemas do Instituto. Em 2021, aproximadamente 1.260 documentações de pesca foram expedidas de forma totalmente remota, entre os tipos Recreativa e Esportiva.

Para o coordenador do departamento, Eduardo Radmann, as projeções para o próximo ano são promissoras, com vistas a inovações em projetos que tornarão o trabalho do órgão ainda mais dinamizado, acessível e moderno.

“A CSI tem grandes expectativas para o ano de 2022 com a continuidade nas melhorias dos sistemas informatizados, através de novos projetos, contratações e acordos de cooperação técnica, visando sempre a evolução dos sistemas para a transformação digital do Ipaam”, enfatizou Radmann.

CSI – A Coordenação de Sistemas Informatizados (CSI) do Ipaam é o setor responsável pelos processos de sistematização do órgão, promovendo avaliações técnicas e elaboração de projetos para os serviços digitais, como Entrada Única, Carteira de Pesca, Declaração de Inexigibilidade e Licenciamento Ambiental.

A CSI desenvolve ainda o suporte dos módulos digitais dos planos de Fiscalização e Monitoramento, como os dashboards (painéis de visualização) de alertas do Centro de Monitoramento e Áreas Protegidas (CMAAP), inaugurado em novembro deste ano.

O acesso ao portal virtual de atividades do Ipaam pode ser feito diretamente no site do órgão (http://www.ipaam.am.gov.br/), na aba “Sistemas Online”.

FOTOS: José Narbaes