Acessibilidade

Ipaam resgatou 685 animais silvestres em 2018, em Manaus e Região Metropolitana

O Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) resgatou, em 2018, 685 animais silvestres em condições de risco, segundo dados da Gerência de Fauna do órgão. Os regastes atenderam 713 solicitações que foram feitas ao Órgão de Proteção Ambiental do Estado.  Em 2017 o número de resgates chegou a 570, o que representou um crescimento de 20,17% em relação ao ano anterior.

Entre as espécies mais resgatas pelo Órgão de Proteção Ambiental estão jiboia, jacaré, iguana, preguiça e pássaros, de acordo com a Gerência de Fauna. Em Manaus, o resgate funciona diariamente das 8h às 17h, incluindo sábados, domingos e feriados em regime de plantão.

Para o presidente do Ipaam, Juliano Valente, o crescimento no número de resgates significa que a população está mais sensível e consciente em relação à proteção dos animais. “Vamos fortalecer a campanha de resgate de animais silvestres em todo o estado, por isso, se faz necessário fortalecer ainda mais as parcerias com os órgãos municipais e federais de Meio Ambiente”, explicou Valente.

Situações – O Gerente de Fauna do Ipaam, Marcelo Garcia, informou que os resgates só são realizados em situação de risco ou quando o animal invade o espaço do homem. “Atuamos geralmente quando o animal entra em residências ou em outros ambientes fora do seu habitat natural, estando assim em risco. Mas quando os animais, como por exemplo, o jacaré, aparece no igarapé, o Ipaam não resgata porque ele está no seu ambiente natural”, explicou Garcia.

Encaminhamento – Marcelo informou ainda que, após o resgate, o Ipaam devolve os animais à natureza, se estiverem em boas condições de saúde, ou encaminha ao Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Para solicitar o resgate de animais silvestres o cidadão poderá ligar para a Gerência de Fauna do Ipaam no número: (92): ‪2123-6739‬.

FOTOS: Ricardo Oliveira/Acervo Ipaam