Acessibilidade

Em Parintins, Ipaam promove capacitação para regularização ambiental de piscicultura

Técnicos municipais são orientados acerca da regulamentação ambiental de piscicultura.

Encontros visam orientar os profissionais que atuam diretamente com o licenciamento

O Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) está promovendo uma programação de capacitação direcionada a técnicos dos órgãos municipais que atuam nos processos de regularização ambiental em Parintins (a 369 quilômetros de Manaus). A ação, que iniciou na segunda-feira (04/10) e segue até 11 de outubro, acontece em parceria com a Prefeitura de Parintins, por meio da Secretaria Municipal de Pecuária, Agricultura e Abastecimento (Sempa) e Secretaria Municipal de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Sedem).

O curso de Georreferenciamento e Cadastro Ambiental Rural (CAR), com enfoque na regulamentação ambiental da piscicultura, está sendo ministrado pelo engenheiro de pesca e analista ambiental da Gerência de Controle de Pesca (GECP) do Ipaam, Carlos André Silva. A ação atende a necessidade do município, visando a qualificação dos profissionais que trabalham diretamente com o licenciamento, como aponta o gerente de Pesca do Instituto, Gelson Batista.

“É fundamental realizarmos processos de orientação aos técnicos, no intuito de sanar todas as dúvidas para que eles sejam capacitados a fim de entregar projetos de piscicultura que atenderão os requisitos técnicos de licenciamento com informações mais robustas e íntegras, além de levar em consideração as demandas dos produtores e os cuidados ambientais”, disse.

A programação conta ainda com um treinamento dirigido pela bióloga e analista ambiental da GECP do Ipaam, Etienne Salgado, para o desenvolvimento do Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos Industriais, que abrange as indústrias de beneficiamento de pescado do município de Parintins.

Técnicos durante encontro de capacitação em Parintins.

Ações de vistoria – Além dos encontros de capacitação, os técnicos da Gerência de Controle de Pesca (GECP) estarão realizando ações de vistorias com a finalidade de regularização e licenciamento de pisciculturas, bem como monitoramento dos empreendimentos que já possuem licenças ou cadastros de aquicultura.

O gerente de Pesca do Ipaam, Gelson Batista, agradeceu pela cooperação firmada com a Prefeitura, que possibilitou a realização das capacitações, auxiliando ainda na ampliação do alcance do Instituto nos municípios do Amazonas.

“Nós estendemos o agradecimento pelo convite e reforçamos que parcerias como essas são essenciais para que o Ipaam chegue a estes municípios e consiga fazer um trabalho efetivo. Estamos de prontidão para contribuir no que for preciso, nos empenhando pelo desenvolvimento sustentável de nosso estado”, finalizou.

TEXTO: Jeovana Torres/Ipaam
FOTOS:
 Etienne Salgado/Ipaam