Acessibilidade

Equipe do Ipaam realizou vistoria nos poços artesianos de Parintins

A equipe técnica do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) esteve no município de Parintins (distante 369 quilômetros de Manaus), para verificar as condições dos poços tubulares profundos do município. A ação, que teve o objetivo de vistoriar a estrutura física dos poços de Parintins, ocorreu na primeira semana de março.

Conforme o laudo técnico apresentado pela Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM), foram encontradas substâncias químicas (amônia, nitrato e alumínio) nos poços tubulares que abastecem Parintins.  A partir desta análise, cinco poços que não estavam operando no abastecimento servirão para substituir os mais comprometidos.

De acordo com a Prefeitura de Parintins, o fornecimento público de água para o consumo da cidade é executado através dos poços tubulares – cujas profundidades variam de 40 a 120 metros – e é de responsabilidade do Sistema Autônomo de Água e Esgoto Municipal (Saae).

Para sanar os problemas da qualidade da água do município, a prefeitura deve apresentar em 60 dias – a contar a partir do dia 5 de fevereiro deste ano – um estudo prévio de viabilidade de implantação da Estação de Tratamento de Águas (ETA) em Parintins, utilizando a captação superficial da água do rio Amazonas.

“A fim de que possamos sanar os impactos ambientais e sanitários causados por esses problemas [de contaminação] apontados pela CPRM, a nossa equipe se fez presente no município e está em fase de elaboração final de um relatório para que sejam encontradas medidas técnicas, visando a regularização dos poços”, disse o gerente de Recursos Hídricos do Ipaam, Sérgio Martins.

O gerente informou também que, ainda neste semestre, outros municípios receberão a visita dos técnicos do Ipaam para a verificação da qualidade do sistema de fornecimento de água das localidades.

Reunião – No último dia 3 de março, ocorreu uma reunião na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), realizada pela Comissão de Geodiversidade, Recursos Hídricos, Minas, Gás, Energia e Saneamento da Casa, para debater medidas com relação ao problema de contaminação da água dos poços tubulares que abastecem a população no município de Parintins.

A reunião contou com a participação do Ipaam; do prefeito de Parintins, Bi Garcia; da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Região Metropolitana de Manaus (Seinfra); da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema); da Universidade do Estado do Amazonas (UEA); entre outros órgãos e entidades.

Foto: Divulgação/Ipaam