Acessibilidade

Ipaam recebe visita da diretora na América Latina do Banco KFW, Claudia Arce

Equipe do Banco KFW confere de perto as novas estruturas tecnológicas do CMAAP e o funcionamento do CAR.

Durante o encontro, foram apresentadas as ações do Estado para o combate do desmatamento e desenvolvimento sustentável

 

O Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) recebeu a visita da diretora na América Latina e Caribe do Banco KFW, Claudia Arce, nesta quinta-feira(25/11). A diretora e sua comitiva, composta por investidores alemães no Estado, foram recebidos no Centro de Monitoramento Ambiental e Áreas Protegidas (CMAAP) pelo diretor-presidente do Instituto, Juliano Valente, e pelo secretário de Estado do Meio Ambiente, Eduardo Taveira.

Na visita foram apresentadas as estratégias para o combate do desmatamento e o uso sustentável da floresta no Amazonas e iniciativas conjuntas para escalar cadeias produtivas da bioeconomia por meio de empréstimo subsidiado e contribuição financeira. A equipe do Ipaam também apresentou o funcionamento de análise dos registros e validação do Cadastro Ambiental Rural (CAR) do Amazonas.

O CAR é um registro público eletrônico de âmbito nacional, obrigatório para todos os imóveis rurais localizados em áreas específicas como, Reservas Legais, remanescentes de vegetação nativa, entre outras. O Cadastro, além de legalizar e promover um uso mais responsável do imóvel, também gera grandes benefícios aos proprietários rurais como, acesso ao Programa de Apoio e Incentivo à Conservação do Meio Ambiente e aos Programas de Regularização Ambiental (PRA) e obtenção de crédito agrícola, em todas as modalidades, com taxas de juros menores, e muitos outros.

Segundo a Gerente de Controle Agropecuário (GCAP) do Ipaam, Maria Luziene Alves, o Amazonas tem mais de 64 mil imóveis inscritos no CAR. “Esse número de adesão ao cadastro demonstra o alto interesse dos proprietários rurais em se regularizar, o que é bom tanto para eles quanto para o Estado no sentido de combater e prevenir a degradação ambiental, mas também contribuir para o fortalecimento dos produtores rurais”, pontuou Luziene.

A comitiva também ouviu sobre economia sustentável, com produtos vindos da floresta, e conheceram toda a estrutura e tecnologia do Centro de Monitoramento. Tecnologia que, segundo o diretor-presidente do Ipaam, recebeu mais de 10 milhões de investimento nessa nova reconfiguração de aplicação dos recursos públicos, com vistas a reverter em serviço para o Estado.

“O retorno da equipe do Banco KFW foi bastante positiva, e estamos com grande expectativa de trabalharmos juntos nas políticas de fortalecimento da agenda ambiental e de bioeconomia, além do fortalecimento do próprio CAR”, declarou Juliano Valente.

 

 

TEXTO: Kézia Ferreira

FOTOS: Kézia Ferreira/Ipaam