Acessibilidade

Ipaam recebe visita do coordenador da Operação Verde Brasil

O coordenador da Operação Verde Brasil, comandante do 2º Grupamento de Engenharia, general de brigada Marcus de Melo, visitou o Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) na manhã desta quarta-feira (25/09). Na ocasião, ele agradeceu e destacou a atuação dos órgãos estaduais na ação de combate às queimadas no sul do Amazonas.

O general Marcus de Melo foi recebido pelo diretor-presidente do Ipaam, Juliano Valente, pelos gerentes da Diretoria Técnica do Instituto e pelo chefe do Departamento de Gestão Ambiental e Territorial da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), Giuliano Piotto. Na reunião, foi feita uma avaliação da parceria.

Juliano Valente destacou a importância da visita do general, na qual teve a oportunidade de tratar de diversos assuntos relativos à ação do Ipaam na operação. “Nós tivemos uma reunião positiva relacionada à operação no sul do estado. O general mostrou que estamos tendo bons resultados na operação para combater os crimes ambientais naquela região”, comentou.

Marcus de Melo falou da importância da relação institucional com o Instituto. “Estamos tendo uma integração positiva com o Ipaam. Aproveitamos e fizemos uma análise, e os ajustes da operação no sul do estado, como ação de prevenção, repreensão e combates aos incêndios”, declarou.

De acordo com o representante da Sema, Giuliano Piotto, o trabalho integrado, que inclui planejamento, articulação e educação ambiental feitos pela Sema, vem trazendo resultados importantes para o estado. “A Sema vem trabalhando na articulação com as prefeituras dos municípios, levando ação de Educação Ambiental nas escolas, com a campanha ‘Um por todos e todos contra as queimadas’ na região”, disse.

Operação – As operações Curuquetê, do Governo do Estado, e Verde Brasil, do Governo Federal, tiveram início no dia 4 de setembro e continuam até o dia 24 de outubro, com o objetivo de combater o desmatamento e as queimadas, por meio da educação ambiental, fiscalização e monitoramento no sul do estado, com a participação de vários órgãos parceiros.

FOTOS: Divulgação/Ipaam